Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de Investimentos - PPI

Terminal de Carga Geral no Porto de Itaqui/MA - (IQI 18)

Terminal de Carga Geral no Porto de Itaqui/MA - (IQI 18) 

Home > Projetos > Terminal de Carga Geral no Porto de Itaqui/MA - (IQI 18)

Andamento do projeto

Estudos

Consulta Pública

Acórdão TCU

Edital

Leilão

1º semestre de 2017 (previsão)
1º semestre de 2018 (previsão)
  • SETOR

    Portos

  • TIPO DE ATIVO

    Ativo Novo

  • MODELO

    Arrendamento

  • CAPACIDADE

    1,5 milhões de toneladas/ano

  • INVESTIMENTO

    R$ 194 milhões

  • ÓRGÃOS ENVOLVIDOS

    ANTAQ, MTPA

  • PRAZO

    25 anos

  • DATA DA LICITAÇÃO

    1º Semestre de 2018 (previsão)

  • CRITÉRIO DE LEILÃO

    Maior Outorga

  • FASE ATUAL

    Consulta Pública

Informações do projeto

Arrendamento de terminal para movimentação de carga geral no Porto de Itaqui, no Estado do Maranhão.

O empreendimento compreende um novo terminal para a movimentação de carga geral (celulose) no porto de Itaqui, no Estado do Maranhão. A área em que será instalado o arrendamento é “greenfield”, de aproximadamente 53 mil m², próxima à Portaria Sul de acesso ao porto. Haverá a obrigação de construção de novo berço de atracação (Berço 99). E, para evitar o impacto no tráfego sobre as principais linhas que dão acesso ao porto, será necessário implantar pelo menos três novos ramais de linha ferroviária (outros ramais a critério do futuro arrendatário).

Está prevista a construção de um novo armazém (275m x 88m) equipado com sistema de movimentação de cargas composto por 3 guindastes tipo pórtico e 12 empilhadeiras. A descarga dos vagões será realizada com os pórticos, seguida pelo transporte dos fardos até as pilhas com o auxílio das empilhadeiras. O carregamento de carretas ocorrerá exclusivamente com as empilhadeiras. O valor total de investimentos previstos é de R$ 221 milhões.

O terminal fará parte da cadeia logística de celulose em Imperatriz/MA, para exportação do produto. A fábrica terá uma capacidade dinâmica de cerca de 1,5 milhões de toneladas/ano.

Em 2015, o Brasil exportou 11,3Mt de celulose, com 88% pelos portos do Sudeste e Sul. A relevância de tais portos deve-se à proximidade geográfica com plantas de celulose e acesso ferroviário, decisivos para o escoamento do produto. Na região de influência do Porto de Itaqui, porém, identifica-se como demanda potencial o volume da planta da Suzano Papel e Celulose, em Imperatriz, única produtora de celulose num raio de 900km, e com acesso à Ferrovia Norte Sul e Estrada de Ferro de Carajás. 

Atualmente, aquela empresa utiliza o Porto de Itaqui para exportar sua produção, mediante instalações portuárias provisórias.

  • Situação Atual do Projeto

    • Os estudos de viabilidade foram concluídos.
    • Há previsão de que a ANTAQ abra consulta pública sobre o projeto no 1º Semestre de 2017. 

Galeria

Porto de Itaqui/MA

Porto de Itaqui/MA

Ver outros projetos

  • Companhia de Distribuição do Estado de Goiás-CELG D

    Veja Projeto
  • Terminal Químico no Porto de Itaqui/MA - (TEQUIMAR)

    Veja Projeto