Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de Investimentos - PPI

Convicon: prorrogação de contrato vai beneficiar o escoamento da produção

Home > Notícias > Convicon: prorrogação de contrato vai beneficiar o escoamento da produção

17 de novembro de 2017

Convicon: prorrogação de contrato vai beneficiar o escoamento da produção

Foto: Ministério dos Transportes

Os investimentos de R$ 129 milhões que serão feitos até 2033 vão beneficiar o escoamento da produção via o Arco Norte, rota fundamental para baixar o custo do transporte no país

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, assinou nesta quinta-feira (16), em Brasília (DF), junto a representantes do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI), da Secretaria Nacional de Portos (SNP), da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e diretores do Terminal Convicon – Contêineres Vila do Conde S/A, a renovação antecipada do contrato de arrendamento do terminal, no Porto de Vila do Conde (PA). Até 2033, empresa vai investir mais de R$ 129 milhões em ampliação, equipamentos e sistemas no porto paraense.

Em março, o Convicon foi qualificado na lista de empreendimentos públicos federais, no âmbito do PPI, para ter a prorrogação antecipada de seu contrato. O projeto é o terceiro de sete, da segunda rodada do PPI, a ser assinado.

Para o ministro, a renovação antecipada é fruto de que o país está no caminho certo da retomada do seu desenvolvimento econômico na ampliação da melhoria da infraestrutura portuária do Brasil. “Os investimentos vão beneficiar o escoamento da nossa produção via o Arco Norte, rota fundamental para o barateamento logístico do Brasil”, afirmou o ministro.

O Secretário Nacional de Portos, Luiz Otávio Campos, complementou que o terminal é extremamente estratégico para a região Norte e que a prorrogação vai aumentar o volume de movimentação de contêineres contribuindo para a modernização da infraestrutura do Pará.

Inicialmente o contrato foi firmado em 19 de setembro de 2003, pelo prazo de 15 anos, com vencimento original em 18 de setembro de 2018, passível de prorrogação por igual período. Com a prorrogação antecipada, a empresa vai investir mais de R$ 37,2 milhões, não previstos no contrato de arrendamento, a serem realizados no período de 2018 a 2019.

INVESTIMENTOS – Os recursos serão empregados na recuperação da pavimentação e ampliação de pátio pavimentado, construção de edificações e novas instalações, instalação e reforma de gates, aquisição de equipamentos e sistemas, além de, outros serviços complementares como adequação de estação elétrica, obras de infraestrutura de drenagem e rede elétrica, entre outros.

Já no período de 2018 a 2032, serão investidos mais de R$ 91,7 milhões em reposições de equipamentos, focados na ampliação e recuperação do pátio de armazenagem, na construção de edificações administrativas e na aquisição/reposição de equipamentos, que vão permitir que a capacidade de retroárea do terminal passe gradativamente de atuais 122.600 TEUs (unidade equivalente a 20 pés – medida padrão utilizada para calcular um volume de contêiner) para 163.294 TEUs em 2033.

TERMINAL – Localizado no Complexo Industrial e Portuário de Vila do Conde, a 96 km do centro industrial e comercial de Belém, o Tecon Vila do Conde é o primeiro terminal portuário de uso público operado pela iniciativa privada do Pará.

Sua proximidade das principais rotas marítimas internacionais garante acesso a todos os continentes de maneira direta ou por meio dos principais hub ports (portos concentradores) do Caribe.

Fonte: Ministério dos Transportes

Leia outras notícias

  • 4ª Reunião do Conselho do PPI: avanço nos cronogramas

    Continue lendo
  • Ferrovia Norte-Sul: ANTT publica informação sobre audiência pública

    Continue lendo