Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de Investimentos - PPI

​Companhia de Energia do Piauí - CEPISA

​Companhia de Energia do Piauí - CEPISA 

Home > Projetos > ​Companhia de Energia do Piauí - CEPISA
  • SETOR

    Distribuição de Energia

  • TIPO DE ATIVO

    Ativo Existente

  • MODELO

    Privatização e Concessão

  • CAPACIDADE

    1,17 milhão de consumidores

  • % CAPITAL ALIENADO

    A definir 

  • ÓRGÃOS ENVOLVIDOS

    ANEEL, BNDES, Ministério de Minas e Energia

  • PRAZO

    30 ANOS (para a concessão)

  • DATA DO LEILÃO

    2° Semestre de 2017 (estimada)

  • PREÇO MÍNIMO ESTIMADO

    A definir

  • FASE ATUAL

    Estudos em licitação

Informações do projeto

A CEPISA foi constituída em 1962, quando se chamava Centrais Elétricas do Piauí S.A. Ao final daquela década, a empresa passa a iniciar um processo integrado de produção, transmissão e distribuição de energia, o que levou à sua consolidação. Nos anos 70, a CEPISA incorporou a Companhia de Eletrificação do Nordeste - CERNE e a Companhia Luz e Força da Parnaíba – CLFP, tornando-se a única concessionária de distribuição de energia elétrica no Piauí. Em 1987 seu nome é mudado para Companhia Energética do Piauí e, em 1997, a Eletrobrás assume o controle acionário e de gestão da empresa.

  • A concessionária é hoje responsável pelo atendimento de 224 municípios, numa área física da de concessão que abrange todo o Estado do Piauí
  • São atendidos, pela empresa, 1,17 milhões de consumidores
  • Em outubro de 2015, o prazo do contrato de distribuição chegou ao fim, e a concessão não foi prorrogada
  • O governo decidiu, então, pela retomada do processo de privatização da CEPISA, em conjunto com outros ativos do Grupo Eletrobrás.
  • Essa retomada fará com que a União deixe de alocar recursos em atividades que podem ser delegadas à iniciativa privada, com ganhos de eficiência, gestão e melhoria na qualidade dos serviços prestados ao consumidor
  • O fornecimento de energia elétrica com maior qualidade, por sua vez, trará impacto direto na atividade econômica da região, ao ampliar o investimento e contribuir para a elevação da produtividade, com repercussões no emprego e na renda da população atendida pelo projeto
     
  • Até a realização do leilão, a concessão permanecerá em operação, no prazo necessário à realização dos levantamentos e avaliações para a licitação. O edital do certame e o leilão deverão ser realizados no segundo semestre de 2017.

  • O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), responsável pela execução e acompanhamento do processo de desestatização das seis distribuidoras de energia elétrica da Eletrobras, publicou no dia 29 de novembro de 2016 o aviso de licitação para a contratação de serviços de avaliação econômico-financeira necessários para a venda dos respectivos controles acionários. O edital do Pregão 51/2016 do BNDES, que contém todas as informações relacionadas, pode ser obtido aqui.

Galeria

Companhia de Energia do Piauí - CEPISA

Companhia de Energia do Piauí - CEPISA

Ver outros projetos

  • Terminal de Celulose no Porto de Paranaguá/PR – (PAR01)

    Veja Projeto
  • ​Centrais Elétricas de Rondônia S.A. - CERON

    Veja Projeto