Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de Investimentos - PPI

Terminal de Veículos no Porto de Paranaguá/PR - (PAR12)

Terminal de Veículos no Porto de Paranaguá/PR - (PAR12) 

Home > Projetos > Terminal de Veículos no Porto de Paranaguá/PR - (PAR12)

Andamento do projeto

 

Estudos

Consulta Pública

Acórdão TCU

Edital

Leilão

2º trimestre de 2017 (previsão)
3º Trimestre de 2017 (previsão)
4º Trimestre de 2017 (previsão)
1º Trimestre de 2018 (previsão)
  • SETOR

    Portos

  • TIPO DE ATIVO

    Ativo Novo

  • MODELO

    Arrendamento

  • CAPACIDADE

    300 mil unidades/ano

  • INVESTIMENTO

    R$ 72 milhões

  • ÓRGÃOS ENVOLVIDOS

    ANTAQ, MTPA

  • PRAZO

    25 anos

  • DATA DA LICITAÇÃO

    1º Semestre de 2018 (previsão)

  • CRITÉRIO DE LEILÃO

    Maior Outorga

  • FASE ATUAL

    Consulta Pública

Informações do projeto

Leilão de novo terminal portuário para exportação e importação de veículos no Porto de Paranaguá, no Estado do Paraná. 

As estatísticas da APPA da movimentação no porto de Paranaguá têm refletido a crise que o setor automobilístico está atravessando no País. Desde o auge em 2010 (230 mil unidades), a movimentação em 2015 caiu para 82 mil unidades. Entretanto, com base em análises de demanda e capacidade para o porto, algumas alternativas de expansão de infraestrutura ainda foram identificadas como necessárias para superar déficits de capacidade da movimentação de algumas cargas, dentre elas, veículos. O empreendimento proposto, assim, irá elevar o nível de serviço do Porto de Paranaguá para o segmento de carga geral.

O projeto, denominado Terminal de Exportação e Importação de Veículos de Paranaguá – TEIVP, será implantado dentro da área do Porto Organizado de Paranaguá, às margens do denominado Canal do Sabiá, próximo ao terminal da Volkswagen. Por se tratar de área formada em sedimentação marinha, coberta com vegetação secundária de mata de restinga e de mangue, a implantação do empreendimento exigirá preparo especial do terreno, com a utilização de técnica de estruturação de solo, capaz de proporcionar estabilidade e grande capacidade de sustentação de cargas.

Para isso, serão necessários investimentos em pavimentação da área e edificações de apoio no valor de R$ 72 milhões. Esses investimentos devem garantir uma capacidade dinâmica de 300 mil unidades/ano. A obra trará maior movimentação de cargas para o porto, criando 44 empregos diretos.

  • Situação Atual do Projeto

    Os estudos de viabilidade foram concluídos.
     
    Há previsão de que a ANTAQ abra consulta pública sobre o projeto no 1º Semestre de 2017.

Ver outros projetos